A solidão não é estar só, é ser uma ausência de nós em nós mesmos. Aflitiva, ruminante e devastadora. A do artista é mais magoada ainda, porque em si vivem outras múltiplas pessoas. As que escrevem, as que pintam, as que esculpem, as que cantam. Gente inquieta quando se revela. Se a olharmos, veremos nela os indícios de uma loucura estranha, profunda, subtilmente lúcida.
Eduardo White

Marie Antoinette (2006)
(Se me perguntassem em que tempo eu gostava de ter vivido no passado era no tempo de Versailles!!!! Amiga da Marie Antoinette! )



Quando fores crescido, hás-de querer ser feliz. Por enquanto não pensas nisso e é por isso mesmo que o és. Quando pensares, quando quiseres ser feliz, deixarás de sê-lo. Para nunca mais! Talvez para nunca mais!…Ouviste? Para nunca mais. Quanto mais forte for o teu desejo de felicidade, mais infeliz serás. A felicidade não é coisa que se conquiste. Hão de dizer-te que sim. Não acredites. A felicidade é ou não é.
José Saramago, Clarabóia

Sem comentários:

Enviar um comentário

--