Paris deve ser das cidades mais visitadas da Europa. É uma cidade histórica. 
Desde que me lembro em sonhar em viajar que Paris era a primeira cidade da lista. Um desejo muito antigo que tive a sorte em realizar. 
Ao contrário do que ouvia achei os parisienses bastante simpáticos. 
Tudo é maravilhoso, as longas avenidas, as imensas esplanadas, os museus e monumentos, os crepes de rua, as enormes estações de metro, o rio, os artistas de rua..



Diria até que Paris é sem duvida uma cidade elegante. As ruas são elegantes, as pessoas também. Existe toda uma conexão de espaços que torna Paris em cada rua , uma cidade profundamente bela.


Mudar não significa tornar-se outro, mas fazer uma experiência mais autêntica de si.
José Tolentino Mendonça


25 anos.
Ricardo Araújo Pereira diz que comédia é igual a tragédia mais tempo, e que a melhor maneira de não sermos ridículos é termos consciência de que somos ridículos. 
Posto isto, celebro então a minha proximidade com a morte. 


Valete - Rap Consciente

Valete é um Senhor ! O Rei ! 
Depois de tanto tempo voltou com força, com palavras de mudança. No hip hop ninguém é mais consciente do que tu. Obrigada por teres voltado.

(...)
Piroso do caralho
És mesmo o tipo de Mc excrementoso que eu estraçalho
Como se a cultura tivesse sido subornada
Estamos sem voz há muito tempo, nação desgovernada
Letras eram granadas agora são gangrenadas
Rap burro, não temos opinião sobre nada
Manos em Angola perseguidos por ativismo
Geração Snapchat ancorada no narcisismo
3ª Guerra Mundial entre Ocidente e Jihadismo
E nós com rimas de ostentação e materialismo
(...)
Sem querer ser spoiler, este é o melhor episódio da 3º temporada da serie Black Mirror. O episódio mais feliz.


No mundo real na atual década de 2040, as consciências dos mortos podem ser carregadas em um sistema de realidade simulada, onde eles podem viver na cidade de fantasia de San Junipero como seus outros "eu" mais jovens para sempre. 

O real livre arbítrio é este, no fim da vida cabe a nós escolhermos o que queremos ou não.
San Junipero, é uma utopia, no ano de 1987, uma ilha que existe sem existir. San Junipero devia ser considerada uma religião.

Não sou uma pessoa com uma fê religiosa, portanto quando morrer acredito que não se passará absolutamente nada... e tenho serias duvidas de que a tecnologia possa mudar a nossa relação com a morte, mas, agora que vi este episódio quero morrer e ir para San Junipero. 
É importante sonhar!
Meses depois a minha horta continua firme!
Isto também me faz feliz.



😋😏😎😎😎😎