Quantas vezes estendi a mão e nela guardei a tua ausência? 
Al Berto
 
Pulp Fiction

Sem comentários:

Enviar um comentário

--