Olá Dezembro. Ando á uns tempos á tua espera, nunca mais chegavas. Sei que a tua estadia será rápida, mas enquanto cá estiveres terás tudo a que tens direito. Bem, muita gente te adora, e eu também. Sê bem vindo.

O impossivel é quase sempre o que nunca se tentou.
Desconhecido

Este país (Portugal) preocupa-me, este país dói-me. E aflige-me a apatia, aflige-me a indiferença, aflige-me o egoísmo profundo em que esta sociedade vive. De vez em quando, como somos um povo de fogos de palha, ardemos muito, mas queimamos depressa.
José Saramago

1 comentário:

  1. Quantos impossíveis tens na tua vida?
    O que fazes para que eles deixem de existir?

    ResponderEliminar