Pois, venha o que vier, nunca será
Maior do que a minha alma.
Fernando Pessoa


René Magritte, Os Amantes, 1928

Sem comentários:

Enviar um comentário

--