Os encantos encontram-se muito mais no espírito do que no rosto, porque um belo rosto mostra-se logo e não esconde quase nada, mas o espírito apenas se mostra gradualmente, quando quer e do modo que quer; pode esconder-se para surgir de novo e proporcionar essa espécie de surpresa que constitui os encantos.
 Baron de Montesquieu - Ensaio Sobre o Gosto


La belle personne -2008

Sem comentários:

Enviar um comentário

--