(Conversas no carro)

Eu: Hoje vamos muito cedo..

A minha avó: Assim é que é, para se conduzir devagar..

Eu: Mas assim é muito cedo, para a próxima fico na cama mais uma hora.

A minha avó: O tempo deu a deus tempo para me dar muito tempo! Nunca cheguei atrasada a nada na vida.

Eu: Oh vó, como é que o tempo deu alguma coisa a deus?

A minha avó: Porque é deus que dá o tempo.

Eu: Afinal é o tempo ou é deus?

A minha avó: deus dá tudo.


Eu: Então voçê enganou-se, o tempo não dá nada.

A minha avó olha para mim muito séria e diz:
Enganei-me! Deus deu ao tempo, tempo para me dar! É por isso que graças a deus tenho muito tempo.

Eu: Então deus não me deu tempo nenhum a mim. Ando sempre a correr de um lado para o outro.

A minha avó: Poem-te a pé mais cedo, como eu..

Eu: Mas afinal quem é que me dá tempo, sou eu ou é deus? Se deus não me deu, nunca me vai dar.

A minha avó: dorme menos, e reza á noite antes de dormir..

(o resto da conversa perdeu-se no tempo e já não me lembro..xd)

1 comentário:

--