Talvez porque a alma é grande e a vida pequena, E todos os gestos não saem do nosso corpo, E só alcançamos onde o nosso braço chega, E só vemos até onde chega o nosso olhar.
 Fernando Pessoa

Sem comentários:

Enviar um comentário

--