la haine, 1995

Mathieu Kassovitz tinha 28 anos quando dirigiu este longa-metragem. Vincent Cassel ainda não era considerado um dos grandes nomes de sua geração.

Os protagonistas são três jovens de origem étnica diferente, um judeu, um árabe e um negro, que vivem nos subúrbios de Paris. Nessa noite, no bairro onde moram, houve distúrbios e um dos polícias perdeu o controlo da situação.
Em consequência, Abdel, um amigo deles, foi brutalmente espancado e está às portas da morte. Vinz e os seus dois amigos, Said e Hubert, não têm nada para fazer e para passar o tempo, deambulam por Paris... Vinz jura que, se Abdel morrer, mata o polícia. 

 la haine, 1995

Mathieu Kassovitz ganhou o prémio de melhor realizador do festival de Cannes de 1995. Para além disso, ainda recebeu o César de melhor montagem (com Scott Stevenson), melhor filme e o de melhor produtor (Christophe Rossignon). Como curiosidade, diga-se que Kassovitz, que também é actor, foi o protagonista de "Amélie Poulain".

Sem comentários:

Enviar um comentário

--