E quando sais já cansada do emprego, uma da manha, procuras os fósforos desesperadamente porque falta-te fumo nas veias, falta-te o cheiro da miséria que é o alcatrão, enquanto pensas que também te falta a minha respiração quente, sentaste naquele banco frente ao Rio Sena onde numa noite de verão esperamos para ver o nascer do sol..nesse estante de meio segundo enquanto acendes o fosforo e olhas o rio, pensas em mim e sorris..e este podia ser o melhor momento de toda a minha vida. 
(caso fosse verdade) 

Sem comentários:

Enviar um comentário

--