Memoirs of a Geisha (2005)

Les Amours Imaginaires(2010)

On set of Midnight in Paris

Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. 
O coração guarda o que se nos escapa das mãos. 
E durante o dia e durante a vida, quando não está lá quem se ama, não é ela que nos acompanha – é o nosso amor, o amor que se lhe tem.
Miguel Esteves Cardoso

Sem comentários:

Enviar um comentário

--