Brito Ventura e os Desalinhados - Até Sempre
Por ti estou a morrer !
Lá fora a chuva cai…
E o corpo arrefece,
O calor dos teus lábios vai…
Ser a luz que amanhece,
No gemer da palavra…Tu
És a voz que ensurdece…
Num sorriso rasgado e Cru,
Está o brilho que me enlouquece

Sem comentários:

Enviar um comentário

--