Eu em Madrid 2011 :)


4 comentários:

  1. HUmmm, promessas infantis, tão bárbaras como o crescer. Não quero promessas, para não ter de crescer.

    ResponderEliminar
  2. E de repente Madrid foi o centro do Mundo.


    O teu texto fez-me lembrar um dos meus poemas preferidos. É do Tim Burton e chama-se "Voodoo Girl". Procura-o.

    ResponderEliminar
  3. gostei. quem será o destinatário deste post?

    ResponderEliminar
  4. uma gaja qualquer, não?

    ResponderEliminar