Filme: Sociedade dos poetas mortos, 1989

Fui para os bosques viver de livre vontade
Para sugar todo o tutano da vida...
 
Para aniquilar tudo o que não era vida
E para, quando morrer, não descobrir que não vivi.

Henry David Thoreau


 Carpe Diem, rapazes: aproveitem o dia! 
Façam das vossas vidas algo de extraordinário.

2 comentários:

  1. Simplesmente, adoro este filme!

    ResponderEliminar
  2. Por vezes os antigos até tem mais encanto :)

    ResponderEliminar

--