Ontem fui ao cinema ver o filme Florbela, e nunca mais serei a mesma ..


Lá fui eu chorar para o cinema.

é mais ou menos assim

" Portugal é mãe para quem está fora, e madrasta para quem está dentro. "

" Eu não sei viver. "

" Se não doer .. como sabemos que estamos vivos ? "

" - Com quem é que o senhor fala quando está sozinho?
- Com os mortos ..
- E eu estou viva ou morta ?
- Estás viva Florbela. Viva. "
 
" Viver é não saber que se vive. "

" - A senhora é da família ?
  - Não somos todos ? "

" Este País não é para ti Florbela. "

" Não consigo escrever. "

" - Como é que sabes que era o amor da tua vida ?
- Porque já não consigo imaginar a minha vida sem ela. "

Sem comentários:

Enviar um comentário

--